Perguntas Frequentes

O que é uma empresa Júnior?

De acordo com a LEI Nº 13.267, de 6 de abril de 2016, uma Empresa Júnior é associação civil, com fins educacionais e não lucrativos, gerida por estudantes matriculados em cursos de graduação de instituições de ensino superior, com o propósito de realizar projetos e serviços que contribuam para o desenvolvimento acadêmico e profissional dos associados, capacitando-os para o mercado de trabalho.

Quanto ganha um empresário júnior?

Uma empresa júnior (EJ) é formada exclusivamente por alunos de graduação que atuam de maneira voluntária. Sendo assim, a Empresa Júnior não remunera financeiramente o aluno.

Apesar de não pagar salários aos seus funcionários, o membro de uma empresa júnior tem muitos benefícios, como por exemplo, a oportunidade de trabalhar com gestão de forma prática, a oportunidade de ocupar cargos de alta chefia em uma empresa, a liberdade para contribuir de forma efetiva para os rumos da empresa, a oportunidade de se capacitar em cursos ofertados/financiados pela empresa júnior, o ganho quantitativo e qualitativo de networking (ampliação da sua rede de contatos profissionais), a oportunidade de ser orientado por um ou mais professores (consultores) quanto às melhores práticas de gestão, entre muitas outros.

Qual é o objetivo do Movimento Empresa Júnior?

Preparar universitários para empreender. Através da vivência empresarial durante a graduação, o MEJ foca no aperfeiçoamento de habilidades como liderança, comunicação e trabalho em equipe.

O que é a Pi Júnior?

A Pi Júnior é a Empresa Júnior de Matemática da UFMG. A EJ, criada em 2015, é formada por alunos de Matemática, Matemática Computacional e Estatística.

Onde fica a Pi Júnior?

Nossa sede está na sala 1043 no ICEx, o Instituto de Ciências Exatas da UFMG. Nossa sala fica localizada no primeiro andar logo depois do DAICEx, virando o corredor.

Quem pode se tornar membro da Pi Júnior?

Qualquer aluno regularmente matriculado no curso de graduação em Matemática, Matemática Computacional ou Estatística.

Quanto ganha um empresário Júnior?

Uma empresa júnior (EJ) é formada exclusivamente por alunos de graduação que atuam de maneira voluntária, sem fins lucrativos. Sendo assim, a empresa júnior não remunera financeiramente o aluno.

Apesar de não pagar salários aos seus funcionários, o integrante de uma empresa júnior tem um grande número de benefícios a obter, como por exemplo: a oportunidade de trabalhar com gestão de forma prática; oportunidade de ocupar cargos de alta chefia em uma empresa; liberdade para contribuir de forma efetiva para os rumos da empresa; oportunidade de se capacitar em cursos ofertados/financiados pela empresa júnior; ganho quantitativo e qualitativo de networking (ampliação da sua rede de contatos profissionais); oportunidade de ser orientado por um ou mais professores (consultores) quanto às melhores práticas de gestão; entre muitas outras.

Qual é a missão da Pi Júnior?

Nossa missão é “Desenvolver e capacitar membros para empreender e resolver problemas reais usando a matemática, satisfazer nossos clientes, inspirar pessoas e transformar a educação matemática no Brasil.”

O que a Pi Júnior desenvolve?

Desenvolvemos projetos voltados a resolução de problemas matemáticos e educação. Nossos principais serviços atualmente são: S.O.S - Salvando o Semestre, que são aulões voltados para o ciclo básico dos cursos de exatas; Aulão do Enem - revisão de todo conteúdo de Matemática, com foco em alunos em preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio; Evento Conexões - Semana da Matemática UFMG e projetos utilizando Modelagem Matemática e Pesquisa Operacional para empresas que necessitam de otimização em seu processos.

Quais são as diretorias da Pi Júnior?

A diretoria executiva da Pi Júnior é constituída por Presidência, Administrativo-Financeiro, Marketing, RH e Projetos.

Quais são os benefícios de ser um empresário júnior?

A experiência na empresa júnior permite que o estudante vivencie uma realidade empresarial e desenvolva diversas habilidades que serão fundamentais para o seu ingresso no mercado de trabalho. Isso acontece porque a empresa júnior oferece capacitação aos seus membros, seja através dos projetos desenvolvidos por eles, seja através dos cursos e eventos das quais eles participam.

Existe carga horária a ser cumprida na Pi Júnior?

Sim, a carga horária é de 4 (quatro) horas semanais, além dos nossos treinamentos, reuniões gerais e eventos MEJ.

Como funciona o programa de trainee?

No processo seletivo de 2018/2, nosso programa de trainee terá duração de 4 (quatro) semanas. O objetivo é que os trainees estejam em contato com cada uma de nossas diretorias e ao seu término sejam capazes de desenvolver projetos. Por ainda ser uma fase eliminatória, cada trainee estará sendo avaliado pelos diretores. No final, os trainees classificados serão efetivados e direcionados para as diretorias de acordo com a decisão dos diretores e nosso algoritmo de satisfação.

O que é a Brasil Júnior?

A Confederação Brasileira de Empresas Juniores é a instância, em âmbito nacional, que representa as empresas juniores brasileiras, impulsionando a vivência empresarial que elas proporcionam e legitimando-as à sociedade.

E no âmbito estadual, que órgão representa as Empresas Juniores em Minas Gerais?

Isso fica por conta da FEJEMG. Fundada em 1995, a FEJEMG – Federação das Empresas Juniores do Estado de Minas Gerais – representa e desenvolve as empresas e empresários juniores mineiros. Sua missão é potencializar os resultados do MEJ mineiro através da formação de empreendedores, do desenvolvimento e expansão da rede.

Uma Empresa júnior está de acordo com a legislação brasileira?

Sim! \o/ O MEJ iniciou na França em 1967, e veio para o Brasil em 1988, mas só em 2016, a Lei 13.267, de 6 de abril de 2016, conhecida como Lei das Empresas Juniores foi sancionada, ela disciplina a criação e a organização dessas associações, você pode conferi-la na íntegra, clicando aqui.